Brasil tem semifinalista na principal categoria do 50º Banana Bowl


Natan Rodrigues supera francês e vai enfrentar norte-americano na semifinal programada para este sábado

O Brasil tem um tenista na semifinal da principal categoria do 50º Banana, o mais tradicional torneio de tênis infantojuvenil da América Latina. Nesta sexta-feira, o baiano Natan Rodrigues confirmou o favoritismo como cabeça de chave número 1 do torneio e superou o francês Martin Breysach em três sets: 4/6, 6/0 e 6/2. Na semifinal, que será realizada a partir das 10:00 horas deste sábado, ele enfrenta o norte-americano Dali Blanch.

Depois de ver o francês começar o melhor e dominar o jogo no primeiro set, Natan reagiu a partir da segunda parcial, quando fez 6/0 e ganhou confiança para fechar o jogo. Para ele, o apoio da torcida local foi fundamental para recuperar a energia durante a partida.

“Não comecei o jogo com a energia ideal, o que não pode acontecer. Mas me toquei e pouco a pouco consegui me puxar, com a torcida e o Thiago Alves (trinador) me ajudando muito. Consegui elevar meu nível de energia e depois ficou até tranquilo. A torcida também fez a diferença, a arquibancada estava mais cheia e foi fundamental para chegar à vitória”, destaca Natan.

A última vez que um brasileiro havia atingido essa fase do Banana Bowl foi em 2017, quando Thiago Wild venceu o seu jogo para alcançar a final da competição – um ano antes do título do US Open juvenil.

Cabeça de chave número 2, o italiano Luciano Darderi foi eliminado na segunda rodada. O campeão do Brasil Juniors Cup sentiu o cansaço da sequência de jogos e perdeu para o argentino Roman Burruchaga por 6/0 e 6/2. O chinês Hanwen Li venceu o norte-americano Bruno Kuzuhara por 7/5 e 6/0, e Dali Blanch (EUA) superou Juncheng Shang (China) por 6/4 e 6/3.

No feminino, algumas das favoritas perderam na rodada. Cabeça de chave número 5, a uruguaia Guillermina Grant perdeu para a ucraniana Sabina Zeynalova por 5/4, 6/4 e 6/0. Ele enfrentará na semi a norte-americana Elvina Kalieva, que passou pela mexicana Julia Garcia, cabeça 3, por 6/3 e 6/4. A outra semifinal será entre a espanhola Leyre Gormaz e a norte-americana Madison Sieg.

O Banana Bowl tem a realização da Confederação Brasileira de Tênis em parceria com a Federação Catarinense de Tênis e a Associação Tênis RJ. Patrocínio de BRB, o Patrocinador Master do Tênis do Brasil, Wilson, Peugeot e WA Sport. Apoio de Farben, Cristalcopo, Interclass, Cardall, Prefeitura de Morro da Fumaça e Orthopride.

RESULTADO DE SEXTA-FEIRA
Quartas de final
Natan Rodrigues (1) (BRA) d. Martin Breysach (5) (FRA) por 4/6, 6/0 e 6/2
Dali Blanch (4) (USA) d. Juncheng Shang (CHN) por 6/4 e 6/3
Hanwen Li (3) (CHN) d. Bruno Kuzuhara (12) (USA) por 7/5 e 6/0
Roman Burruchaga (6) (ARG) d Luciano Darderi (2) (ITA) por 6/0 e 6/2

Semifinal – Sábado
Natan Rodrigues (1) (BRA) vs. Dali Blanch (4) (USA)
Hanwen Li (3) vs. Roman Burruchaga (6) (ARG)

Quartas de final
Sabina Zeynalova (UKR) d. Guillermina Grant (5) (URU) por 5/4, 6/4 e 6/0
Elvina Kalieva (8) (USA) d. Julia Garcia (3) (MEX) por 6/3 e 6/4
Leyre Gormaz (ESP) d. Beatrice Ricci (9) (ITA) por 4/6, 6/3 e 6/2
Madison Sieg (6) (USA) d. Tina Smith (14) (AUS) por 6/4 e 6/2

Semifinal – Sábado
Sabina Zeynalova (UKR) vs. Elvina Kalieva (8) (USA)
Leyre Gormaz (ESP) vs. Madison Sieg (6) (USA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s