Kaue Costa e Isabela Mercante vencem pré-quali do Banana Bowl 18 anos


IMG_2483

Crédito: Matheus Joffre/CBT

O catarinense Kaue Costa e a carioca Isabela Mercante venceram o pré-quali e garantiram vaga na chave principal do Banana Bowl 2018, na categoria 18 anos, que começa a ser disputado nesta segunda-feira nas quadras de saibro da Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

Na final do masculino, Kaue venceu o carioca Daniel Szczupak por 2/6, 6/4 e 6/2. “Foram seis jogos em três dias, foi muito puxado, mas o esforço valeu a pena. Tive jogos muito duros, mas consegui achar uma forma de vencer todos. A final foi um jogo longo, muito disputado. Ele começou muito bem, eu cometendo alguns erros, mas fui achando a melhor forma pra sair com vitória no terceiro set. Estou confiante, sei que os jogos serão duros na chave, mas estou feliz e espero ir muito bem.

Na decisão do feminino, Isabela ganhou da capixaba Thaissa Moreira por 7/5 e 6/4. “Estou muito feliz em ter conquistado. A CBT deu essa oportunidade para o pessoal que não tem ranking ITF de jogar o pré-quali e entrar na chave principal. Estou muito feliz e as expectativas são boas, vou pegar meninas bem ranqueadas na ITF e vamos com tudo.

Neste sábado e domingo, ocorrem as disputas do qualificatório, que dará mais seis vagas no masculino e no feminino para a chave principal.

Assim como na edição do ano passado, o 48º Banana Bowl 2018 se dividirá entre as cidades de Criciúma-SC, onde será realizada a categoria 18 anos, e Caxias do Sul-RS, que sediará as disputas das demais categorias: 12, 14 e 16 anos, além do Tennis Kids (de 8 a 11 anos). Em Criciúma, o palco dos confrontos será novamente a Sociedade Recreativa Mampituba. Em Caxias, a sede será o Recreio da Juventude.

As disputas da chave principal das categorias 18, 16 e 14 anos vão de 19 a 24 de fevereiro, com os dias 17 e 18 reservados para o quali. As categorias 12 anos e Tennis Kids ocorrerão de 21 a 25 de fevereiro.

O Banana Bowl é um dos torneios mais tradicionais da América do Sul e é organizado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT), em parceria com a Federação Catarinense de Tênis (FCT) e com a Federação Gaúcha de Tênis (FGT), e com supervisão da Federação Internacional de Tênis (ITF) e da Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s