Finalistas do 47º Banana Bowl se destacam no ranking mundial ITF


Thiago Wild Foto: Mauricio Vieira

Thiago Wild
Foto: Mauricio Vieira

Os finalistas do 47º Banana Bowl subiram posições importantes no ranking mundial juvenil divulgado nesta segunda-feira pela Federação Internacional de Tênis (ITF), já somando os pontos conquistados no mais tradicional torneio infantojuvenil do tênis na América do Sul, concluído no sábado, na Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

Vice-campeão da chave masculina, o paranaense Thiago Wild foi um dos tenistas que mais ganharam posições no ranking, subindo 40 para aparecer com o melhor ranking da carreira no 53º lugar, com 380 pontos. A pontuação ajuda o brasileiro de 16 anos em um de seus objetivos da temporada, já que o deixa próximo de entrar nas chaves principais dos torneios de Grand Slam juvenil.

Wild joga nesta semana o Campeonato Internacional de Porto Alegre, antiga Copa Gerdau, que tem pontuação GA no circuito mundial ITF. Ele enfrenta na primeira rodada o americano Oliver Crawford, cabeça de chave 7 e atual 24º do mundo.

“Foi o meu primeiro torneio (no ano) e é sempre bom voltar fazendo uma final. Sempre ajuda na confiança, sem contar no ranking. Eu não tenho muitos pontos para defender no primeiro semestre, tenho Gerdau quartas, mas estou bem preparado para defender e quem sabe até sair com o título, estou bem confiante”, afirmou Wild depois da final em Criciúma.

Já o sérvio Marko Miladinovic, que acompanhado pelo ex-top 50 da ATP Boris Pashanski conquistou o título masculino de simples na categoria 18 anos, saltou 19 posições e aparece agora como número 26 do mundo, com 535 pontos.

O americano Gianni Ross também atingiu o melhor ranking da carreira na ITF com a semifinal de simples e o título de duplas em Criciúma. Com 12 postos alcançados, ele chegou ao número 21 do mundo. O argentino Juan Pablo Grassi Mazzuchi entrou para o top 50 juvenil com a 47ª posição ao subir 14 colocações por conta da semifinal do Banana Bowl.

Campeã da chave feminina de 18 anos do Banana Bowl, a americana Whitney Osuigwe, de apenas 14 anos, também atingiu seu melhor posto no ranking mundial e aparece na 24ª posição, subindo 26 colocações desde a última semana. A vice-campeã Emily Appleton subiu uma posição e entrou pela primeira vez no top 10 do ranking ITF.

Já a brasileira Thaisa Pedretti ganhou duas posições com a campanha no Banana Bowl e aparece na 52ª posição. Outro destaque foi a americana Hailey Baptiste, que subiu 28 posições para ser 62ª.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s