Tenistas começam a chegar para o Banana Bowl em Caxias do Sul


coletiva4

As quadras do Recreio da Juventude estão prontas  para receber um dos maiores eventos de tênis da América do Sul. O Banana Bowl reunirá cerca de 600 jogadores de 15 países a partir do próximo sábado, 4/2, quando começa a ser disputado o qualifying. Antes, porém, o clube recebe tenistas já nesta quarta-feira (1), com a disputa do pré-quali nas categorias 14 e 16 anos masculino. O vencedor deste pré-qualificatório garante lugar na chave principal e o outro finalista participará do qualifying. A chave principal tem início no dia 6. Para o feminino, não haverá o pré-classificatório.

O lançamento oficial do Banana Bowl aconteceu nesta terça-feira (31/01) pela manhã, na sede do clube caxiense, reconhecido por contar com uma das melhores estruturas de tênis do país. Em apresentação para a imprensa, empresários, poder público e convidados, os organizadores falaram sobre as características da competição, ressaltando a importância de um evento deste porte. “Nosso clube tem uma experiência em sediar grandes eventos ao longo da história. E este momento é único, devido ao alto grau do torneio. Estamos preparados para receber tenistas, técnicos, familiares e público da melhor forma possível”, destacou o presidente do Recreio da Juventude, Eduardo Menezes. 

Estarão em Caxias do Sul atletas da Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, El Salvador, Equador, Estados Unidos, Guatemala, Japão, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela para as categorias 14 e 16 anos. Também serão realizadas na Serra Gaúcha a categoria 12 anos, chamada de Bananinha, além dos 11, 10, 9 e 8 anos, conhecidas como Tennis Kids. A categoria 18 anos acontecerá na Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

“Trazer o Banana Bowl para Caxias do Sul é motivo de satisfação. Em nome da Federação Gaúcha de Tênis (FGT) precisamos agradecer à diretoria do Recreio da Juventude, que não apenas aceitou o desafio, mas mostrou desde o primeiro momento um entusiasmo que nos motivou ainda mais. Agradecemos também à Confederação Brasileira de Tênis por mais essa demonstração de confiança no nosso trabalho. Agora, já vamos nos organizar para, quem sabe, trazer para o Rio Grande do Sul a categoria 18 anos em 2018”, disse o presidente da FGT, Roberto Petersen Mello.

FOMENTO À ECONOMIA – Além do aspecto esportivo, o Banana Bowl, que pela primeira vez é realizado no Rio Grande do Sul, representa também um movimento considerável na economia local. Segmentos como hotelaria, gastronomia, transporte, cultura e comércio são impactados de forma positiva pela presença de centenas de jogadores, técnicos e familiares. “Somos o clube que mais promove eventos sociais e esportivos. E este torneio vai ajudar a movimentar a economia da nossa região. É um início de ano muito positivo”, observa o vice-presidente de Esportes do Recreio da Juventude, Paulo Marchioro.

Na avaliação da secretária municipal de Esporte e Lazer de Caxias do Sul, Márcia Rohr, contar com um evento deste porte na cidade é sinônimo de entusiasmo. “Nossos profissionais de Educação Física, envolvidos com o projeto de tênis que temos nas escolas, acompanharão de perto a competição, junto com boa parte dos alunos que integram este projeto. Será uma ótima oportunidade para todos”, projeta Márcia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s