Udvardy vence de virada e é a segunda húngara a conquistar o Banana Bowl


Panna Udvardy repetiu feito de Aniko Kapros, em 1999 Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação

Panna Udvardy repetiu feito de Aniko Kapros, em 1999
Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação

São José dos Campos (SP), 13 de março de 2016 – A equilibrada final entre europeias na categoria 18 anos feminino do 46º Banana Bowl – Troféu Alcides Procopio corou a húngara Panna Udvardy como campeã do torneio ITF G1 na Associação Esportiva São José/Clube de Campo Santa Rita em São José dos Campos. Neste domingo, Udvardy venceu a britânica Emily Appleton por 4/6 6/4 6/3

Foi a terceira partida de três sets seguida para Udvardy no torneio, que vem de uma virada contra a americana Caty McNally e de jogo de altos e baixos na semifinal contra a paraguaia Lara Escauriza. Atual 71ª do ranking juvenil, a húngara de 17 anos venceu seu primeiro torneio G1 e soma 150 pontos, enquanto a 110ª colocada britânica fatura 100 pontos.

Udvardy é a segunda húngara a vencer o torneio, repetindo o feito de Aniko Kapros venceu em 1999. Já em 2004, Agnes Szavay foi vice-campeã. Por sua vez, Appleton foi a primeira britânica na final feminina do torneio.

Em primeiro set com cinco quebras de saque e várias alternâncias na liderança, Appleton não permitiu em nenhum momento que Udvardy desgarrasse no placar. Ela saiu de 15-40 com ótimos saques quando perdia por 2/1, e de 0-30 entrando na quadra no 3/4. A britânica voltaria à frente com quebra no nono game.

Udvardy começou melhor na segunda parcial ao abrir vantagem por 3/0, mas cedeu o empate. Ainda assim, os dois games de saque seguintes da húngara foram tranqüilos , enquanto a britânica vinha com dificuldades para confirmar, principalmente por inconsistência no saque. Appleton chegou a salvar dois set points, mas não evitou a quebra no último game da parcial.

Apostando em uma tática de trazer o jogo cada vez mais para a rede, utilizando muitos drop shots, a húngara novamente abriu 3/0 e evitou chances de quebra nos longos quinto e sétimo games, chegando a liderar por 5/2. Appleton conseguiu confirmar o saque e viu a rival perder dois match points em erros não-forçados, mas o jogo agressivo da húngara deu resultado e ela consolidou a virada.

“É o meu primeiro título de G1 e então eu fico muito feliz por isso. Foi uma final dura e precisei estar focada em cada bola”, disse Udvardy após a partida. “Ela estava sacando muito bem, então o jogo mentalmente foi muito duro, era difícil para devolver”.

“Eu apenas tentei colocar todas as bolas em quadra e tentar fazer o meu jogo”, avaliou a húngara. “No último set eu pude realmente fazer o meu jogo. Nos primeiros sets, eu tentei muitos drop shots, mas errei muito, mas no terceiro coloquei todos os drop shots na quadra e trazê-la para a rede para conseguir alguns lobes”.

Appleton, que é criada em quadras duras ou de grama, já revelou que gosta muito do Banana Bowl e aos 16 anos sonha em conquistar o título no ano que vem. “É claro que vou voltar, eu amei cada minuto aqui, tirando os rain delays. Foi um grande torneio e Panna jogou muito bem esta semana”, afirmou a britânica. “Acho que nós duas começamos um pouco nervosas, mas a Panna jogou muito bem nos pontos importantes”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s