Principal favorita, venezuelana conquista os 16 anos feminino


A venezuelana Luniuska Delgado venceu final contra a brasileira Marina Figueiredo Foto: Thiago Parmalat/DGW Comunicação

A venezuelana Luniuska Delgado venceu final contra a brasileira Marina Figueiredo
Foto: Thiago Parmalat/DGW Comunicação

São José dos Campos (SP), 12 de março de 2016 – Principal cabeça de chave, a venezuelana Luniuska Delgado conquistou o título da categoria 16 anos feminino do 46º Banana Bowl – Troféu Alcides Procopio. O torneio conta pontos para o ranking sul-americano da COSAT e é disputado na Associação Esportiva São José/Clube de Campo Santa Rita em São José dos Campos.

Em final contra a mineira Marina Figueiredo, Delgado marcou as parciais de 7/5 e 6/2 para conquistar o título. “Queria muito chegar à final e ganhar para ir à Gira Europeia de 16 anos. Estou também na final de duplas contra duas meninas do Paraguai e vou com tudo para vencer mais um torneio”.

O jogo começou com quebra a favor de Figueiredo, que chegou a liderar o primeiro set por 5/3, mas perdeu o saque e permitiu a virada da rival. A mineira tentava usar slices para quebrar o ritmo de muitas bolas altas da venezuelana e não conseguiu cumprir a estratégia de mexê-la lateralmente.

Com um set à frente no placar, a venezuelana cresceu no jogo e logo abriu 4/0 na segunda parcial. Delgado já entrava mais na quadra e comandava as ações com o forehand. Ainda que a mineira vencesse dois games seguidos, a vantagem construída pela rival foi suficiente para consolidar a vitória em dois sets. “Fui ganhando ritmo na partida e no segundo set encontrei ângulos e passei a jogar muito melhor que no primeiro”.

A mineira foi vice-campeã em simples, mas finalista nas duplas Foto: Thiago Parmalat/DGW Comunicação

A mineira foi vice-campeã em simples, mas finalista nas duplas
Foto: Thiago Parmalat/DGW Comunicação

“Ela jogou bem, mérito dela. Eu realmente fiz o meu melhor, não ganhei, mas dupla dei meu máximo e consegui a vitória”, disse Figueiredo, que ainda neste sábado se juntou à mesma venezuelana para vencer as gêmeas paraguaias Susan e Heydi Doldan por 6/3 e 6/1. “Fico muito feliz com minha campanha nesta semana, acho que fui só evoluindo a cada dia e jogando melhor”.

A mineira ainda comentou sua atuação na final de simples. “Eu comecei jogando certinho, mas acho que ela começou a me atacar mais e eu ficava mais recuada”, explica. “Eu tive minhas chances mas acho que o principal foi que eu joguei bem, continuei firme e meu nível não caiu tanto. Ela realmente jogou melhor e mereceu”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s