44º Banana Bowl terá finalista brasileiro de 18 anos em São José do Rio Preto


João Menezes encara australiano por final brasileira. Crédito: William Lucas/Inovafoto www.inovafoto.com

João Menezes encara australiano por final brasileira. Crédito: William Lucas/Inovafoto
http://www.inovafoto.com

São José do Rio Preto (SP), 21 de março de 2014 – O 44º Banana Bowl – Copa Mundial de Tênis está perto de ter a quebra de um tabu que já dura 33 anos na categoria 18 anos masculino, que tem os tenistas João Menezes, Marcelo Zormann e Orlando Luz nas semifinais em busca do título que teve como último campeão do país Eduardo Oncins em 1981.

O Brasil já tem ao menos um finalista pela primeira vez desde 2006, quando Fernando Romboli disputou o título, já que Luz e Zormann vão duelar neste sábado em uma das semifinais enquanto Menezes encara o australiano Omar Jasika. As semifinais acontecem a partir das 10h no Clube Monte Líbano, em São José do Rio Preto.

João Menezes garantiu a vaga nas semifinais ao fazer uma grande partida diante do italiano Andrea Pellegrino para vencer com parciais de 6/2 e 6/0.

“Era uma partida de peso muito importante, os dois começaram nervosos e ele evidente que começou mais. Eu soube administrar melhor a tranquilidade durante a partida, ele tentou reagir ali no segundo set, mas eu me mantive firme e não dei chances”, analisou Menezes.

Orlando Luz teve um primeiro set difícil contra o italiano Matteo Berrettini e precisou salvar dois set points antes de tomar vantagem e sobressair com parciais de 7/6(2) e 6/2.

“Foi uma vitória bem especial. Acho que entrei menos nervoso, mas não jogando tão bem. Mesmo tendo chovido, a quadra ainda estava rápida, o cara é muito alto e o jogo dele não dá ritmo. Foi difícil entrar no jogo dele e consegui ir para o tie-break sem perder saques. Teve a hora decisiva em que ele teve dois set points, eu fique esperando ele errar e acabei ganhando. No segundo comecei a devolver da frente o saque e isso me ajudou bastante”, afirmou Luz.

Marcelo Zormann encarou o holandês Tim Van Rijthoven e também esteve em momentos difíceis na primeira parcial, antes de vencer o tie-break no primeiro set e confirmar a vitória no segundo com parciais de 7/6(5) e 6/2.

“Estou muito feliz com a vitória, fiz um belo jogo, foi um dos meus melhores na semana. Ter um finalista brasileiro vai ser muito bom, esse ano acredito que um brasileiro vai voltar a ganhar o Banana Bowl. Acredito que não será apenas um brasileiro na final, a final será brasileira”, afirmou Zormann.

O 44º Banana Bowl tem o patrocínio de Correios e Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, com supervisão da ITF (Federação Internacional de Tênis), Cosat (Confederação Sul-Americana de Tênis) e CBT (Confederação Brasileira de Tênis) e apoio do Clube Monte Líbano e Palestra Esporte Clube. A realização é da Federação Paulista de Tênis.

Mais fotos disponíveis no site www.inovafoto.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s