Tenistas do Itamirim aproveitam ‘casa’ e se destacam na chave principal do Banana Bowl


Com o privilégio de disputar o 42º Banana Bowl no mesmo lugar em que treinam, dois brasileiros se saíram bem na estreia pela chave principal da categoria 18 anos nesta segunda-feira e avançaram para a segunda rodada do mais tradicional torneio juvenil do tênis brasileiro. Atletas do Itamirim Clube de Campo, Bernardo Casares e Leonardo Civita Telles venceram sem ceder sets em Itajaí.

Marcelo Ruschel / POA Press

“É sempre bom você jogar nas quadras em que você treina, onde está ambientado a ficar. Estou ambientado com o calor, a umidade, a bola. Estou feliz, é bom jogar em casa”, afirma Leonardo Civita Telles.

“Estou gostando bastante do trabalho do Marcos Daniel, do Patricio, o Ivan Kley e o Clóvis. Tenho bons parceiros de treino, tenho bons treinadores na quadra e isso está me ajudando bastante”, completa.

Curiosamente, nenhum dos dois tenistas é natural de Santa Catarina, mas foram trazidos para o centro de desenvolvimento que trabalha com a Confederação Brasileira de Tênis e tem como técnicos Ivan Kley, Marcos Daniel e Patricio Arnold.

“Minha mãe é brasileira, nasci no Equador, em Quito, e agora vim morar no Brasil. Faz seis meses que estou jogando aqui e representando o Brasil. Foi uma escolha difícil no começo, deixei minha casa, a família e tudo para vir treinar n o Brasil, mas foi uma decisão importante na minha carreira. Aqui tenho ajuda dos Correios, da CBT e aqui também do Itamirim Clube de Campo”, explica Bernardo Casares.

Leonardo Civita Telles é natural de São Paulo e chegou a Itajaí a em janeiro, enquanto Bernardo Casares veio de Quito, no Equador, e passou a jogar pelo Brasil, terra-natal de sua mãe, há seis meses. Telles, de 16 anos, passou pelo eslovaco Michal Kianicka por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5. Já Bernardo Casares, que tem 17 anos, passou pelo japonês Jumpei Yamasaki com sets vencidos em 6/1 e 6/3.

Depois da estreia, os dois brasileiros enfrentam adversários complicados nesta terça-feira. Casares joga na quadra central contra o italiano Gianluigi Quinzi, cabeça de chave número 3 do torneio e atual décimo colocado no ranking juvenil ITF. Leonardo Civita Telles enfrenta o finlandês Herkko Polanen, cabeça de chave 5, que é o 17º do mundo.

“Falaram que ele joga bem, mas estou confiante. Sei que vai ser jogo duro, mas acho que tenho minhas chances. É entrar sem respeitar, dar o máximo e ver no final qual é o resultado”, afirma Leonardo Civita Telles sobre o próximo rival.

“Vou jogar com o italiano Gianluigi Quinzi, que é cabeça 3. Na verdade já vi ele jogando, nunca joguei contra, sei que joga bem, gosta de ir para as bolas e é canhoto.  Tenho que ficar mais atento na hora de devolver o saque, mas vou tentar jogar solto e dar o melhor tênis que eu conseguir”, finaliza Bernardo Casares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s